As alterações referidas no artigo anterior são introduzidas nas fichas dos prédios por elas afectadas, mediante processo organizado pelo Instituto Geográfico Português, que é remetido aos serviços de finanças após resolução.

1 - Ainda na sequência de atribuição de competências ao Instituto Geográfico Português, o artigo 104.º do CIMI refere que as alterações que o mesmo detete, nos termos do artigo 103.º do CIMI, deverão ser introduzidas nas fichas dos respetivos prédios que por elas sejam afetados, através de processo instruído pelo Institituto Geográfico Português. 2 [...]

Conteúdo exclusivo para assinantes

Obtenha acesso a este e muitos outros conteúdos

Ver planos e ofertas Já sou assinante

Options